Anúncio n.º 7899-JD/2007, de 20 de Novembro de 2007

Anúncio n. 7899-JD/2007

Conservatória do Registo Comercial de Lisboa, 3.ª Secçáo. Matrícula n. 15 619/050831; identificaçáo de pessoa colectiva n. 507455398; inscriçáo n. 1; número e data da apresentaçáo: 27/ 050831.

Certifico que foi constituída a sociedade em epígrafe, a qual se rege pelo seguinte contrato:

Artigo 1.

1 - A sociedade adopta o tipo de sociedade comercial por quotas, a sua firma é constituída pela denominaçáo Os 3 Meninos, Comércio de Produtos Naturais, Importaçáo e Exportaçáo, L.da, e tem a sua sede na Rua de Duarte Galváo, 9, 3., direito, freguesia de Sáo Domingos de Benfica, concelho de Lisboa.

2 - Por simples deliberaçáo da gerência, pode a sede social ser deslocada dentro do mesmo concelho ou para concelhos limítrofes, bem como podem ser criadas ou encerradas sucursais, filiais, agências, delegaçóes, escritórios ou outras formas de representaçáo, no território nacional ou no estrangeiro.

Artigo 2.

A sociedade tem por objecto o comércio de produtos naturais, importaçáo e exportaçáo, limpezas domésticas e industriais e prestaçáo de serviços em refeitórios e cantinas.

Artigo 3.

O capital social, integralmente realizado em dinheiro, é de 5000 euros e corresponde à soma de duas quotas iguais de dois 2500 euros, pertencentes uma a cada uma das sócias, Josefina Maria do Rosério Freire Xisto e Marilene Francisca das Chagas.

Artigo 4.

A sociedade poderá participar no capital social de quaisquer outras sociedades, quer com o mesmo objecto, quer com objecto diferente, em agrupamentos complementares de empresas, agrupamentos europeus de interesse económico, bem como adquirir ou alienar acçóes, quotas ou obrigaçóes de outras sociedades e realizar sobre elas as operaçóes que se mostrem convenientes aos interesses sociais.

Artigo 5.

A cessáo de quotas entre sócios é livre, dependendo sempre do consentimento prévio da sociedade a cessáo de quotas a estranhos.

Artigo 6.

Os sócios deveráo fazer à sociedade prestaçóes suplementares de capital até ao montante global de 200 000 euros, por deliberaçáo unânime dos votos representativos do capital social.

Artigo...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO