Deliberação (extracto) 1525/2007, de 10 de Agosto de 2007

 
TRECHO GRÁTIS

Deliberaçáo (extracto) n.o 1525/2007

Concurso interno de ingresso para especialista de informática do grau 1, nível 2, da carreira de especialista de informática

1 - Nos termos do Decreto-Lei n.o 204/98, de 11 de Julho, e para os devidos efeitos, torna-se público que, por deliberaçáo do conselho de administraçáo deste Hospital de 1 de Março e de 11 de Julho de 2007 e por pareceres favoráveis da Administraçáo Regional de Saúde do Algarve e do Secretário Geral do Ministério da Saúde de

22 de Setembro de 2006, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da data da publicaçáo do presente aviso no Diário da República, concurso interno de ingresso para o provimento de dois lugares de especialista de informática do grau 1, nível 2, da carreira de especialista de informática do quadro deste Hospital, aprovado pela Portaria n.o 1048/2000, de 30 de Outubro.

2 - Prazo de validade - o concurso é válido para as vagas indicadas e caduca com o seu preenchimento.

3 - Conteúdo funcional - as funçóes a desempenhar sáo as pre-vistas no artigo 2.o da Portaria n.o 358/2002, de 3 de Abril.

4 - O local de trabalho é nas instalaçóes adstritas ao Hospital Distrital de Faro, sendo o vencimento fixado de acordo com mapa n.o 1 anexo ao Decreto-Lei n.o 97/2001, de 26 de Março, e as condiçóes de trabalho e regalias sociais as genericamente vigentes para os funcionários da Administraçáo Pública.

5 - Requisitos de admissáo ao concurso:

5.1 - Sáo requisitos gerais de admissáo ao concurso os previstos no n.o 2 do artigo 29.o do Decreto-Lei n.o 204/98, de 11 de Julho.

5.2 - Sáo requisitos especiais:

  1. Ser funcionário público de qualquer serviço ou organismo da Administraçáo Pública, ou agente, nas condiçóes referidas nos n.os 1

    e 3 do artigo 6.o do Decreto-Lei n.o 204/98, de 11 de Julho; b) Estar aprovado em estágio, com classificaçáo náo inferior a Bom

    (14 valores) e habilitado com licenciatura em Engenharia Informática ou Informática de Gestáo.

    6 - Métodos de selecçáo:

  2. Avaliaçáo curricular;

  3. Prova escrita de conhecimentos;

  4. Entrevista profissional de selecçáo.

    6.1 - Classificaçáo Final (CF) - a classificaçáo final será obtida através da seguinte formula:

    CF= AC×40 %+PEC×30 %+EPS×30 %

    em que CF é a classificaçáo final, AC é a avaliaçáo curricular, PEC é a prova escrita de conhecimentos e EPS é a entrevista profissional de selecçáo.

    6.2 - Avaliaçáo curricular (AC) - no que diz respeito à avaliaçáo curricular, de acordo com o n.o 2 do artigo 22.o do Decreto Lei n.o 204/98, de 11 de Julho, a avaliaçáo será classificada numa escala de 0 a 20 valores, bem como cada um dos factores e subfactores considerados na avaliaçáo, sendo a fórmula de avaliaçáo curricular a seguinte:

    AC = HA x30%+ FP x20%+ EP x50%

    em que AC é a avaliaçáo curricular, HA sáo as habilitaçóes académicas, FP é a formaçáo profissional e EP é a experiência profissional.

    Os factores de apreciaçáo utilizados para...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO