Despacho n.º 9981/2018

 
TRECHO GRÁTIS

Despacho n.º 9981/2018

Nos termos do n.º 1 do artigo 27.º da Lei n.º 2/2004, de 15 de janeiro, republicada pela Lei n.º 64/2011, de 22 de dezembro, designo, para o cargo de direção intermédia de 2.º grau, em regime de substituição, como Chefe de Divisão de Gestão Financeira e Patrimonial, da Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, a licenciada Mára Andreia Martins Lopes Simões.

A presente nomeação, fundamentada na reconhecida aptidão da visada, tem ainda como suporte o respetivo currículo.

O presente despacho produz efeitos a partir do dia 1 de abril de 2016, inclusive.

1 de abril de 2016. - A Diretora Regional, Elizete Jardim.

Mára Andreia Martins Lopes Simões, nascida a 10 de agosto de 1978

Pós-Graduação em Gestão, especialização em Setor Público e Administrativo, Escola Superior de Gestão de Santarém (em parceria com a Universidade de Évora), Instituto Politécnico de Santarém

Licenciatura em Gestão de Empresas, especialização em Finanças Empresariais, Escola Superior de Gestão de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém

Bacharelato em Gestão de Empresas, Escola Superior de Gestão de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém

Desde abril de 2013 a desempenhar funções de Técnica Superior na Divisão de Gestão Financeira e Patrimonial da Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, colaborando na preparação de orçamentos, contas de gerência, alterações orçamentais e execução financeira de projetos de Assistência Técnica do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020 e ProDer), Programa Operacional Pesca (PROMAR), Rede Rural e Sistema de Apoio à Modernização Administrativa (SAMA).

Entre janeiro 2005 e março de 2013, desempenhou funções de Técnica Superior de Gestão Financeira na Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém (ESGTS), sendo responsável pela coordenação dos processos de elaboração e de gestão do orçamento, sob a supervisão do conselho administrativo; organização dos processos de alteração orçamental, organização dos processos relacionados com candidaturas a projetos cofinanciados e coordenar a respetiva execução; elaboração dos relatórios de execução (Orçamento do Estado e Privativo, bem como dos projetos cofinanciados).

Entre outubro 2003 e janeiro 2005, desempenhou funções de Técnica Superior Estagiária na Escola Superior de Gestão de Santarém (ESGS), sendo responsável pela coordenação dos processos de elaboração e de gestão do orçamento, sob a supervisão do conselho administrativo; organização...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO