Aviso n.º 17481/2018

 
TRECHO GRÁTIS

Aviso n.º 17481/2018

Abertura de procedimento concursal de seleção internacional para a contratação de doutorado(a) ao abrigo do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, com as alterações introduzidas pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho, e legislação complementar.

Ref.ª ISA n.º 8/2018/SAICT2017

1 - Sob proposta do Conselho Científico, em reunião de 8 de outubro de 2018, e após aprovação pelo Presidente do Instituto Superior de Agronomia, por delegação de competências do Reitor da Universidade de Lisboa, por Despacho n.º 208/2018 de 26 de Outubro, foi deliberado proceder à abertura de concurso de seleção internacional para um lugar de doutorado(a) para o exercício de atividades de Investigação Científica nas áreas científicas de Ciências Biológicas ou Engenharia Alimentar, em regime de contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo certo com vista ao desenvolvimento de tarefas relacionadas com a avaliação de bioatividades anti-inflamatórias e anticancerígenas de alimentos enriquecidos com proteínas inibidoras de metaloproteases de matriz (MMPs) no âmbito do projeto intitulado "Atividades anti-inflamatórias e anticancerígenas de uma proteína isolada de sementes de Lupinus e a sua aplicação em alimentos funcionais", com a referência PTDC/BAA-AGR/28608/2017, aprovado no âmbito do Aviso n.º 02/SAICT/2017 - Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) - Projetos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico (IC&DT) e financiado por fundos nacionais, através da FCT, I. P..

2 - Legislação aplicável:

a) Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, que aprova um regime de contratação de doutorados destinado a estimular o emprego científico e tecnológico em todas as áreas do conhecimento (RJEC), na redação que lhe foi conferida pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho, tendo ainda em consideração o disposto pelo Decreto Regulamentar n.º 11-A/2017, de 29 de dezembro.

b) Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP), aprovada em anexo à Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, na sua redação atual.

c) Regulamento n.º 999/2016, de 31 de Outubro - Regulamento de Projetos Financiados Exclusivamente por Fundos Nacionais.

3 - Nos termos do art. 16.º do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, o presente procedimento concursal está dispensado da autorização dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das Finanças e da Administração Pública, designadamente a referida no n.º 3 do artigo 7.º da LTFP; da obtenção do parecer prévio favorável dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das Finanças e da Administração Pública, referido no n.º 5 do artigo 30.º da LTFP e do procedimento de recrutamento de trabalhadores em situação de requalificação, referido no artigo 265.º da LTFP.

4 - Em conformidade com o artigo 13.º do RJEC, o júri do concurso tem a seguinte composição:

Presidente - Professor Doutor Ricardo Manuel de Seixas Boavida Ferreira, Co-investigador Responsável (Co-IR) do Projeto em apreço, Professor Catedrático do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade de Lisboa (ISA/ULisboa) e membro do Centro de Investigação LEAF (Centro de Investigação em Agronomia, Alimentos, Ambiente e Paisagem);

Vogais - Professora Doutora Isabel Maria Nunes de Sousa, Professora Associada com Agregação do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade de Lisboa (ISA/ULisboa) e Coordenadora do G3 - Food and Feed do Centro de Investigação LEAF e Professora Doutora Anabela Cristina da Silva Naret Moreira Raymundo, Professora Auxiliar com Agregação do ISA/ULisboa e membro do LEAF.

Vogais suplentes - Professora Doutora Ana Cristina Ferreira da Conceição Ribeiro, Professora Auxiliar da Faculdade de Farmácia, da Universidade de Lisboa (FF/ULisboa) e membro do LEAF (Centro de Investigação em Agronomia, Alimentos, Ambiente e Paisagem) do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade de Lisboa (ISA/ULisboa) e Professor Doutor João Manuel Neves Martins, Professor Associado com Agregação do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade de Lisboa (ISA/ULisboa).

5 - O local de trabalho situa-se no Instituto Superior de Agronomia, Tapada da Ajuda em Lisboa.

6 - A remuneração mensal a atribuir é a prevista no n.º 1 do artigo 5.º do Decreto Regulamentar n.º 11-A/2017, de 29 de dezembro, correspondente ao nível 33 da tabela remuneratória única, aprovada pela Portaria n.º 1553-C/2008, 31 de dezembro, sendo de 2.128,34 Euros.

7 - O contrato é celebrado pelo prazo de 3 anos eventualmente renováveis por períodos de um ano até à duração máxima de 6 anos, salvo se:

a) O órgão científico da instituição propuser a sua cessação com fundamento em avaliação desfavorável do trabalho desenvolvido pelo(a) doutorado(a), realizada nos termos do regulamento em vigor na Escola contratante, a qual deve ser comunicada ao interessado até 90 dias antes do termo do contrato inicial ou da renovação em curso.

b) Por aplicação de qualquer das causas de extinção constante no artigo 289.º da LTFP.

c) O empregador público, ou o(a) trabalhador(a), comuniquem por escrito, até 30 dias antes do termo do contrato ou da renovação em curso, a vontade de o não renovar, com a consequente caducidade do contrato de trabalho a termo certo celebrado na sequência do presente aviso.

8 - Ao concurso podem ser opositores candidatos(as) nacionais, estrangeiros(as) e apátridas que sejam titulares do grau de doutor, em ramo de conhecimento ou especialidade que...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO