Aviso n.º 10879-B/2019

 
TRECHO GRÁTIS

Aviso n.º 10879-B/2019

Faz-se público que a Direção-Geral da Saúde pretende recrutar um técnico superior por mobilidade interna na categoria, nos termos dos artigos 92.º e seguintes da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho), trabalhador com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente estabelecida para o exercício das funções na área das Relações Internacionais- Assuntos Multilaterais e Europeus inerentes à carreira e categoria de Técnico Superior, nos seguintes termos:

1 - Requisitos de admissão:

a) Ser titular de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, previamente estabelecida;

b) Ser detentor de Licenciatura, preferencialmente em Relações Internacionais.

2 - Caracterização dos postos de trabalho a ocupar:

a) Conteúdo Funcional: Estudo, planeamento, programação, conceção, adaptação e aplicação de métodos e processos científico-técnicos de âmbito geral e especializado, exigindo um elevado grau de qualificação, de responsabilidade, iniciativa e autonomia, tendo em vista a preparação da tomada de decisão, o tratamento de dados e a prestação de esclarecimentos nas diversas matérias envolvidas na saúde pública internacional; acompanhamento, articulação e assessoria técnica especializada nas questões da saúde no quadro da União Europeia, Comissão Europeia e respetivas Agências, Organização Mundial da Saúde e Organização Internacional para as Migrações e, a nível nacional, com os diversos Ministérios; redação, negociação e acompanhamento de acordos a nível bilateral e multilateral na área da saúde; acompanhamento da implementação das convenções internacionais de direitos humanos da Organização das Nações Unidas e Conselho da Europa; captação de recursos internacionais em saúde, nomeadamente através do acompanhamento e assessoria dos Programas comunitários na área da saúde; desenvolvimento, planeamento, divulgação e realização de ações de formação diversas; colaboração na preparação do programa da visita e acompanhamento de delegações estrangeiras que manifestam o interesse de contactar com as estruturas do Ministério da Saúde..

b) Perfil de Competências: preferencialmente com formação académica em Relações Internacionais, Estudos Europeus ou Políticas Públicas; Experiência profissional relevante na área das relações internacionais ou sector da saúde; Bom domínio da língua inglesa falada e escrita, domínio de uma segunda língua estrangeira

3 - Habilitações Literárias:

Ser...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO