Aviso (extrato) n.º 14624/2020

Aviso (extrato) n.º 14624/2020

Sumário: Exclusão do procedimento de admissão por falta de início de funções. Primeiras colocações, oficiosas, de escrivães auxiliares e de técnicos de justiça auxiliares efetuadas ao abrigo do n.º 2 do artigo 46.º do Estatuto dos Funcionários de Justiça.

Em cumprimento do disposto no n.º 1 do artigo 4.º, da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, torna-se público o seguinte:

1 - Por despacho da Senhora Subdiretora-Geral da Administração da Justiça, de 17 de agosto de 2020, por delegação, e nos termos do disposto no artigo 48.º do Estatuto dos Funcionários de Justiça, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 343/99, de 26 de agosto, foram excluídos do respetivo processo de admissão para ingresso nas carreiras de oficial de justiça, por falta de início de funções, os seguintes candidatos que haviam sido colocados oficiosamente, ao abrigo do n.º 1 do artigo 46.º do Estatuto dos Funcionários de Justiça, no âmbito do Aviso (extrato) n.º 9830/2020, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 126, de 1 de julho de 2020:

Paulo Jorge Lopes Brites, que havia sido colocado oficiosamente como escrivão auxiliar no núcleo de Beja, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Beja;

Sofia Raquel dos Santos Teixeira, que havia sido colocada oficiosamente como escrivão auxiliar no núcleo de Cascais, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste;

Inês Filipa Pinheiro da Silva Semide, que havia sido colocada oficiosamente como escrivão auxiliar no núcleo de Cascais, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste;

Ana Rita Nogueira Soares, que havia sido colocada oficiosamente como técnico de justiça auxiliar no núcleo de Cascais, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste;

Roberta Carla Silva Cerqueira, que havia sido colocada oficiosamente como escrivão auxiliar no núcleo de Faro, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Faro;

Isabel Manuela Coelho Silva Ferreira, que havia sido colocada oficiosamente como técnico de justiça auxiliar no núcleo de Faro, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Faro;

Cristiana Prado Gonçalves, que havia sido colocada oficiosamente como escrivão auxiliar no núcleo de Ferreira do Alentejo, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Beja;

Lara da Conceição da Costa Ferreira, que havia sido colocada oficiosamente como técnico de justiça auxiliar no núcleo de Lagos, da secretaria do Tribunal Judicial da Comarca de Faro;

Frederico Alberto da Costa, que havia sido...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO