Anúncio 4905-BT/2007, de 25 de Julho de 2007

 
TRECHO GRÁTIS

Anúncio n. 4905-BT/2007

A Dr.ª Laura Alexandra de Simas, juíza de direito do 3. Juízo Criminal do Tribunal da Comarca de Braga, faz saber que no processo comum (tribunal singular), n. 2051/06.2PBBRG, pendente neste Tribunal contra o arguido Paulo Alexandre Jesus dos Santos, filho de Arlindo dos Santos e de Estelina de Jesus, natural de Angola, de nacionalidade portuguesa, nascido em 3 de Abril de 1967, titular do bilhete de identidade n. 8452199, com domicílio na Rua de Sáo Miguel, lote 50-B, Frossos, 4700 Braga, por se encontrar acusado da prática de um crime de ofensa à integridade física simples, previsto e punido pelo artigo 143., n. 1, do Código Penal, praticado em 20 de Agosto de 2006 e um crime de violaçáo de domicílio, previsto e punido pelo artigo 190. n. 1 do Código Penal, praticado em 20 de Agosto de 2006, foi o mesmo declarado contumaz, em 18 de Junho de 2007, nos termos do artigo 335. do Código de Processo Penal. A declaraçáo de contumácia, que caducará com a apresentaçáo do arguido em juízo ou com a sua detençáo, tem os seguintes efeitos: a suspensáo dos termos ulteriores do processo até à apresentaçáo ou detençáo do arguido, sem prejuízo da realizaçáo de actos urgentes nos termos do artigo 320. do Código de Processo Penal, a anulabilidade dos negócios jurídicos de natureza patrimonial celebrados pelo arguido, após esta declaraçáo e a proibiçáo de obter quaisquer documentos, certidóes ou registos junto de autoridades públicas.

19 de Junho de 2007. - A Juíza de Direito, Laura Alexandra de Simas. - A Escrivá-Adjunta, Alzira Ribeiro.

4. JUÍZO CRIMINAL DO TRIBUNAL DA COMARCA DE BRAGA

Anúncio n. 4905-BU/2007

O Dr. Emídio José Magalháes Sant'Ana da Rocha Peixoto, juiz de direito do 4. Juízo Criminal do Tribunal da Comarca de Braga, faz saber que no processo abreviado n. 35/04.4PTBRG, pendente neste Tribunal contra o arguido Paulo Duarte de Oliveira Vieira, filho de Sebastiáo Duarte Oliveira e de Maria da Conceiçáo Lisboa Duarte, natural de Sé, Braga, nascido em 10 de Setembro de 1972, divorciado, com domicílio na Rua Nova da Estaçáo, 362, 1., direito, 4710 Braga, o qual foi, em 2 de Julho de 2004, por sentença, condenado na pena de um ano de prisáo, cuja execuçáo é suspensa pelo prazo de três anos, subordinada aos seguintes deveres: obter carta de conduçáo de veículos automóveis no prazo máximo de seis meses e proceder ao pagamento da quantia de 200 euros aos Bombeiros Voluntários de Braga, transitado em julgado em 16 de Setembro de...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO