Anúncio n.º 2543/2008, de 09 de Abril de 2008

 
TRECHO GRÁTIS

Anúncio n. 2543/2008

Processo: 452/07.8TYLSB - Insolvência pessoa colectiva (Requerida)

Credor: "Júlia & Mendes, Ldª ";

Insolvente: "Edicofragem - Cofragens e Construçáo Civil, Ldª ";

A Drª Maria de Fátima Reis Silva, Juiz de Direito do 3 Juízo do Tribunal de Comércio de Lisboa, faz saber:

Publicidade de sentença e citaçáo de credores e outros interessados

Nos autos de Insolvência acima identificados

No Tribunal do Comércio de Lisboa, 3 Juízo, no dia 10 -03-2008, pelas 15.00 horas, foi proferida sentença de declaraçáo de insolvência do(s) devedor(es):

"Edicofragem - Cofragens e Construçáo Civil, Ldª "; N. I. F. 504858106 e com sede em Rua Gil Vicente, n. 26, Edifício Túlipa Negra, Santo Antáo do Tojal, Loures.

É administrador do devedor:

José Mário Pereira Nél Mendes; com endereço em Rua José Afonso, n. 51, 3 Esq, Agualva - Cacém, Sintra, a quem é fixado domicílio na(s) morada(s) indicada(s).

Para Administrador da Insolvência é nomeada a pessoa adiante identificada, indicando -se o respectivo domicílio.

Drª. Helena Maria Dias Barata de Almeida; com endereço em Rua Manuel Francisco Soromenho, n. 66, 1 Esq, 2670 -453 Loures.

Conforme sentença proferida nos autos, verifica -se que o património do devedor náo é presumivelmente suficiente para satisfaçáo das custas do processo e das dívidas previsíveis da massa insolvente, náo estando essa satisfaçáo por outra forma garantida.

Ficam notificados todos os interessados que podem, no prazo de 5 dias, requerer que a sentença seja complementada com as restantes mençóes do artigo 36 do C. I. R. E..

Da presente sentença pode ser interposto recurso, no prazo de 10 dias (artigo 42 do C. I. R. E.), e/ ou...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO